Segundo estudos realizados pela ONG Trata Brasil, Guarulhos realiza investimentos médios de, aproximadamente, R$ 90 milhões por ano em ações de saneamento básico. De acordo com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), o município trata atualmente apenas 5% de seu esgoto.

Os dados utilizados pelo Trata Brasil foram extraídos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). E neste, a cidade registra índices elevados de tratamento de esgoto no período de 2011 a 2014 (29,01%, 25,18%, 25,16% e 24,2%). Em contrapartida, não houve qualquer ação de tratamento no ano de 2009.
Conforme publicação do HOJE na última quinta-feira (05), o Saae tem como meta alcançar o índice de 8% no tratamento de esgoto até os últimos dias deste ano.

De 2009 a 2015 o município contou em seus cofres com quase R$ 700 milhões. Esta quantia era oriunda de recursos próprios, repasses do Governo Federal, emendas parlamentares ou financiamento de bancos públicos. Em junho deste ano, Francisco Carone, superintendente da autarquia, afirmou que precisaria de R$ 2,4 bilhões para ampliar o sistema de tratamento de esgoto.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here