Usuária espera cinco horas para receber atendimento médico no PA Alvorada

A usuária Eliane Santos, 52, agente de organização escolar, alega que teve de esperar cerca de cinco horas para conseguir atendimento médico no Pronto Atendimento (PA) Alvorada, além de destacar que havia quase 30 pessoas no local aguardando por um atendimento.

“Tinha gente desde às 10h, eu cheguei às 12h15 e fui atendida somente às 17h20”, alega Eliane, que chegou ao local com fortes dores na coluna e também estava com o braço inchado. Além da demora para receber atendimento, a usuária também reclama da falta de profissionais nos postos de saúde da região.
Segundo Eliane, no momento em que esteve no PA Alvorada, havia apenas uma médica. “Esperei cinco horas para ser atendida por dez minutos”, afirmou Eliane, destacando que saiu do local apenas às 18h.

A reportagem do HOJE entrou em contato com a Secretaria de Saúde, que confirmou os problemas no atendimento do PA Alvorada. “O PA Alvorada sofreu um pouco de lentidão na segunda-feira (23), porque neste dia a unidade operou com quadro reduzido de médicos. Porém, o atendimento já foi normalizado.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]