Câmara pode instaurar CEE para investigar GRU Airport

A Câmara Municipal poderá instaurar uma Comissão Especial de Estudos (CEE) para investigar a concessionária que administra o GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica. A solicitação foi feita pelo vereador Marcelo Seminaldo (PT) e assinada pelos parlamentares que estavam presentes ontem durante a sessão.

“Queremos que a GRU Airport venha a Câmara para explicar por qual razão anda apreendendo a comida dos trabalhadores no aeroporto. Humilhante para os funcionários que se submetem a condições insalubres e que nem podem comprar sua comida fora do aeroporto”, destacou Seminaldo.

Segundo o vereador, essa atitude está obrigando os funcionários a realizar suas refeições exclusivamente no terminal. “Ela se esquece que um almoço dentro do aeroporto não sai por menos de R$ 50 e qual trabalhador pode pagar isso?”, questiona o parlamentar.

O pedido deverá ser protocolado na Casa de Leis e em seguida ser submetido ao plenário do Legislativo para que a comissão seja instaurada.

Almeida – Já a rejeição das contas da prefeitura durante o exercício de 2013, na gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida (PDT), não foi votada pelos parlamentares. Isso porque o texto aguarda o parecer da comissão técnica de Constituição, Justiça e Legislação Participativa. As referidas contas foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) que apontou uma série de irregularidades como um déficit da execução orçamentária de R$ 164,6 milhões e alterações no orçamento correspondente a 38% da despesa fixada.

Reportagem: Rosana Ibanez

Foto: Ivanildo Porto