Share
Mais de 400 mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela em Guarulhos

Mais de 400 mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela em Guarulhos

Desde o dia 28 de outubro de 2017, quando teve início a imunização preventiva contra a febre amarela nas unidades básicas de saúde para moradores de regiões próximas à mata, Guarulhos já vacinou 403.423 pessoas até esta sexta-feira (12). O número é 44% superior à meta definida pela Secretaria de Estado da Saúde, que estabeleceu para o município a imunização de 280 mil pessoas, o correspondente aos munícipes residentes próximos à região de mata. Diante do quadro, a Secretaria Municipal de Saúde promoverá mudanças na campanha, incluindo a distribuição de senhas para os interessados na imunização.

Na quinta-feira (11), em reunião no Palácio dos Bandeirantes com o governador Geraldo Alckmin e outras autoridades, o professor titular de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da USP, Marcos Boulos, elogiou a agilidade da Prefeitura de Guarulhos em vacinar todas as pessoas que estão suscetíveis a terem febre amarela em um período relativamente curto de tempo. Ele afirmou que a população de Guarulhos pode ficar tranquila porque está protegida. “Onde não se vacinou é porque neste momento não existe riscos que as pessoas adquiram a febre amarela. O programa de vacinar toda a Guarulhos vai acontecer, todos serão vacinados. Não precisa correr atrás da vacina. Mas neste momento a prioridade é para aquelas pessoas que correm o risco. Por isso, tenham paciência que a vacina aí chegará”, informou.

Até o momento a dose está sendo oferecida em 30 UBS da cidade. Destas, 27 estão localizadas no entorno da área de risco; enquanto as outras três, Munhoz, Cavadas e Ponte Grande, começaram a ofertar a vacina no último dia 6, como forma preventiva de bloqueio da doença, já que o paciente que faleceu em dezembro por febre amarela contraída em sua chácara em Nazaré Paulista, residia no Jardim Munhoz.

Com o número de vacinados contra a febre amarela superado, de pessoas que residem próximas a regiões de risco, a Secretaria Municipal de Saúde anuncia que a partir de segunda-feira (15) todas as unidades – que já estão vacinando – passarão a ofertar as doses contra a doença mediante distribuição de senhas.

Foto: Folhapress

Deixe seu Comentário