Prefeitura promete pagar vale-transporte, não cumpre e deixa servidores a pé

Muitos servidores estão bancando do próprio bolso o custo da locomoção até o trabalho, porque a prefeitura até esta terça-feira (16), não depositou o vale-transporte. O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap) vem cobrando solução da Secretaria de Finanças, que prometeu efetuar os créditos do Cartão Bom na sexta (12), mas descumpriu.

Jurídico – Ante o atraso e o prejuízo aos Servidores, o Stap aumentará a pressão e já avalia acionar judicialmente o governo. O advogado da entidade, dr. Marcelo de Campos Mendes Pereira, afirma: “Não tem sentido a administração demorar tanto pra resolver um problema meramente operacional”. Ele lembra que “retenção de salário é crime”. E completa: “Vale-transporte tem natureza pecuniária”.

Atraso – O presidente do sindicato, Pedro Zanotti Filho, comenta: “O vale-transporte deve ser fornecido juntamente com o pagamento, a fim de que o trabalhador disponha de meios para sua locomoção”. O Cartão Bom é utilizado por Servidores da Prefeitura que utilizam o transporte intermunicipal.