Guarulhos não irá receber doses fracionadas do Governo de SP

Mesmo diante da antecipação do governo de São Paulo relacionada a campanha de vacinação contra a febre amarela para o dia 25 de janeiro, a cidade de Guarulhos não irá receber as doses fracionadas para combater o vírus, e a imunização continuará no mesmo padrão nas 30 Unidades Básicas de Saúde (UBS).
Na última semana, o prefeito Guti (PSB), divulgou que mais de 460 mil pessoas foram vacinadas na cidade, e que na quinta-feira (18), enviou mais um ofício ao secretário de saúde do Estado de São Paulo, David Uip, solicitando a disponibilização de mais 500 mil doses da vacina. Este não é o primeiro pedido realizado pela administração municipal, já que no início do mês, a prefeitura chegou a protocolar o primeiro pedido, destacando a proximidade da cidade em relação às áreas de risco, como o Parque Estadual da Cantareira.

A campanha será realizada em 54 municípios, e em São Paulo, devido ao feriado do aniversário da cidade, as doses fracionadas começam a ser distribuídas no dia 26 deste mês. O HOJE questionou a Secretaria de Saúde Municipal sobre a não inclusão de Guarulhos na vacinação fracionada. “A campanha preventiva teve início em 28 de outubro, e a imunização seguirá com a vacina padrão na cidade”, afirmou a saúde.

A média de vacinação diária em Guarulhos é entre dez a doze mil pessoas, porém somente em um dia, foram vacinadas 40 mil pessoas. Além das duas mortes confirmadas por febre amarela na cidade, também há mais dois casos de pessoas que estão em recuperação da doença, como uma moradora da Vila Galvão, que está internada no Hospital das Clínicas, em São Paulo, e um moradora do Parque Continental, que após ficar uma semana internada no hospital, já está em recuperação em casa.

Entre as cidades que vão receber as doses fracionadas, estão os municípios Bertioga, Caçapava, Cruzeiro, Cubatão, Diadema, Santo André, Santos entre outros. As UBSs em Guarulhos que estão vacinando são Palmira, Continental, Vila Rio de Janeiro, Morros, Santa Lídia, Seródio, Haroldo Veloso, Carmela, Lavras, Soberana, Ponte Alta, Santa Paula, Álamo, Aracília, Piratininga, Cambará, Cabuçu, Recreio São Jorge, Novo Recreio, Belvedere, Primavera, Acácio, Bananal, Santos Dumont, Fortaleza, Água Azul e Bambi, além da Cavadas, Ponte Grande e Munhoz, que estão vacinando temporariamente a população da região, que teve o primeiro óbito de guarulhense por febre amarela contraída em Nazaré Paulista.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]

- PUBLICIDADE -