Morte de gestante do Água Azul pode ter sido ocasionada pela febre amarela

Morte de gestante do Água Azul pode ter sido ocasionada pela febre amarela

A morte da gestante Renata Aparecida de Jesus, 24, moradora do bairro Água Azul, pode ter sido ocasionada pelo vírus da febre amarela. A jovem estava grávida de 27 semanas e faleceu durante a semana passada no Hospital das Clínicas, em São Paulo.

Segundo as informações do jornal Folha Metropolitana todos os sintomas do laudo médico apontariam para o diagnóstico da febre amarela. Renata chegou a ser internada em Guarulhos antes de seguir para São Paulo, onde recebeu atendimento médico no Hospital Pimentas-Bonsucesso, com a realização de alguns exames e também teria descoberto que o bebê teria poucas chances de sobreviver.

O óbito ainda não confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde, que investiga o caso. Nesta segunda-feira (26), outra vítima também teria falecido pelo vírus da febre amarela, trata-se do morador do Jardim Paraíso, William Silva Oliveira, 28, que chegou até a realizar o transplante de fígado no Hospital das Clínicas, porém, após complicações da doença, não resistiu e faleceu.

3 Comentários neste post

  1. Júnior Aparecido de Jesus

    Eu sou irmão dela pode ser febre amarela mentirosos é febre amarela para de tentar enganar as pessoas

    Responder
  2. Olá! Sou irmã da vítima no laudo está que a causa da morte de minha irmã foi por causa da febre amarela então não é pode ter sido e sim que foi a causa da morte dela.

    Responder
  3. Foi febre amarela!!

    Responder

Deixe seu Comentário