A Polícia Federal (PF) já ouviu cerca de 32 pessoas sobre o roubo de US$ 5 milhões que ocorreu no avião da companhia alemã Lufthansa, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Segundo divulgado pelo site G1, o número de suspeitos são 18 pessoas, sendo a maioria dos funcionários do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos e Viracopos.

Um dos possíveis indícios que a PF estaria trabalhando é que o assalto poderia ter começado no Aeroporto de Guarulhos, com o vazamento de informações, porém, por enquanto ainda é uma hipótese. Outro detalhe que a polícia estaria apurando, foi a mudança do local de pouso da aeronave que teria sido modificado duas horas antes da decolagem.

Durante a ação, os cinco bandidos teriam entrado na pista com um veículo de segurança parecido e adesivado com os mesmos detalhes padronizados pelo aeroporto. Até chegar ao local do roubo, os bandidos chegaram a cortar o alambrado, além de avançar alguns metros dentro da pista.
O destino do dinheiro era um banco suíço, porém, antes o avião tinha parada na cidade de Buenos Aires, para uma pequena escala, até chegar na cidade de Frankfurt, na Alemanha.

Foto: Denny Cesare/Codigo19/Folhapress

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here