Site da prefeitura sofre com a alteração de hackers e serviço retorna somente uma hora depois

No início da manhã desta quinta-feira (19), às 6h30, o site da prefeitura foi hackeado, e de acordo com a administração municipal, a página inicial do site institucional havia sofrido uma alteração, contendo uma mensagem sobre a Guerra Civil na Síria, solicitando que parassem os massacres, assassinatos, estupros de mulheres e deslocamento de idosos e crianças.

A prefeitura informou por meio do Departamento de Informática e Telecomunicações (DIT), que a invasão gerou automaticamente um alerta no ambiente tecnológico, porém, após tomar providencias sobre a situação, o serviço foi reestabelecido somente uma hora depois, por volta das 7h30.

Questionada se houve algum possível roubo de dados, a administração municipal afirmou que após análises do DIT, foi concluído que não há a possibilidade dos dados serem extraviados, já que o site ficaria em um servidor isolado, sem acesso a outros ambientes. “Além disso, devido às políticas de segurança aplicadas no servidor, não foi possível que o script malicioso conseguisse acessar informações sigilosas ou realizar maiores alterações”.

Com o objetivo de evitar novas invasões de hackers, a prefeitura alega que já foram realizadas novas atualizações no ambiente da plataforma, a fim de impedir a exploração de possíveis vulnerabilidades.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto