Moradores aprovam ação para inclusão no processo do Orçamento Participativo

A Prefeitura de Guarulhos realizou no Centro, nesta sexta-feira (18), o processo de orientação para que possa estimular a participação popular no Orçamento Participativo. A iniciativa, que teve aprovação dos da população, também tinha como propósito realizar o cadastro dos serviços necessitados nas regiões em que moram.

Além do estímulo, a ação promovida pelo governo municipal tinha como propósito inserir populares com pouco ou quase nenhum conhecimento sobre a internet. Na rua Dom Pedro II, funcionários da administração municipal estavam cadastrando manualmente aqueles que ainda não possuem acesso à internet.

“Gostei da iniciativa, até porque este tipo de informação é muito pouco divulgado para a população. Creio que muitos moradores não tenham qualquer informação sobre o que seja o Orçamento Participativo. Precisa manter esta proposta”, disse o comerciante Carlos Sampaio, 43 anos.

Por meio do Orçamento Participativo, a população discute e decide sobre o orçamento público e as políticas públicas, e faz o levantamento das necessidades de seu setor para discutir as prioridades de acordo com o orçamento do município. Neste processo, as definições sobre como e onde serão aplicados os recursos contidos no orçamento são debatidas e definidas com a população.

“É mais do que obrigação da prefeitura. É uma boa iniciativa e a população carece de mais melhorias, em especial, na educação e saúde”, enfatizou o auxiliar de ajudante Daniel Georges, 39.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto