Saae diminui suas atividades devido à greve dos caminhoneiros

A greve dos caminhoneiros, que acontece há quatro dias e já se espalha por praticamente todo o país, obrigou o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos a diminuir suas atividades devido à falta de combustível para abastecer seus veículos, que realizam os mais variados tipos de trabalho, como consertos de vazamentos de água, esgoto e serviços de tapa-valas.

A autarquia irá manter um mínimo de veículos funcionando para garantir o atendimento a emergências. O abastecimento através de caminhões-pipa também está prejudicado, pois, além da falta de combustível, muitos foram impedidos de circular devido a bloqueios em vias.

Nesta quarta-feira, 23 de maio, por exemplo, três caminhões da terceirizada que realiza o serviço de tapa-valas do Saae não puderam sair da usina de produção de asfalto, no Cabuçu, devido à greve, que ainda não tem data para ser encerrada.