Câmara cancela sessão desta terça por conta da greve dos caminhoneiros

Em virtude dos protestos realizados pelos caminhoneiros desde a última segunda-feira (21), a Câmara Municipal deixou de realizar sessão desta terça-feira (29). A próxima sessão está marcada para o próximo dia 5.

“Não realizamos os trabalhos em virtude da falta de gasolina. Cerca de 50% dos funcionários da Câmara não vieram trabalhar por conta disso. Desse jeito não tinha como fazer a sessão. Vamos esperar normalizar para retomar os serviços”, explicou o presidente do Legislativo, Eduardo Pires.

Ele revelou decretar ponto facultativo nesta quarta-feira (30) no Legislativo. Conforme explicou, as atividades voltam a sua normalidade na Casa de Leis a partir de segunda-feira (4), caso haja uma definição sobre as atividades relacionadas ao abastecimento de combustíveis e produtos pelos caminhoneiros.

A Câmara irá manter somente os serviços que, por sua natureza, não possam sofrer interrupções. O presidente considerou que a atual situação está impossibilitando o comparecimento dos servidores e a execução dos serviços da Casa.

“Nesta quarta-feira será ponto facultativo na Câmara Municipal. É preciso aguardar como vai ficar. Mas, na segunda-feira voltaremos a trabalhar de forma normal. Até eu estou sem gasolina”, explicou.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto