Polícia Civil prende suspeito que rezava para ficar invisível

Policiais Civis do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) prenderam, na quinta-feira (14), um homem, que havia roubado uma joalheria, em um shopping center, na Zona Oeste de São Paulo.

O suspeito já era investigado pelo departamento, pela prática de outros crimes, em condições semelhantes. As investigações permitiram descobrir que o assaltante possuía informações sobre os funcionários da loja que pretendia roubar, bem como fotos e endereços de seus parentes. Ele usava essas informações para fazer ameaças às vítimas, durante o roubo.

Ele foi abordado logo após roubar uma joalheria, que fica num centro comercial, na zona oeste de São Paulo. No momento da prisão,  o homem tentou fugir atirando contra os policiais civis. Ele terminou atingido na perna por um projétil de arma de fogo e preso.

A mercadoria subtraída foi avaliada em cerca de R$450 mil.

As joias foram recuperadas e restituídas ao proprietário.

Durante a revista pessoal, o agentes encontraram no bolso do acusado uma oração em que ele pedia para Santo Antônio, deixá-lo invisível.

O homem foi preso em flagrante por roubo e resistência e encaminhado à Justiça.

Foto: SSP