Prefeitura promove pregão para reposição de vacinas no Cemeg

Sem êxito na tentativa de obter as vacinas necessárias para a realização de seu tratamento contra alergias, o munícipe Thiago Cunha afirma que a falta daqueles medicamentos, sem revelar os nomes deles, perdura por aproximadamente seis meses no Ambulatório de Alergia e Imunologia do Centro de Especialidades Médicas de Guarulhos (Cemeg). Prefeitura ressalta que não há prazo estabelecido para sua reposição.

Entretanto, ele optou por pedir o auxílio dos vereadores da cidade junto à comissão de Higiene e Saúde Pública da Câmara Municipal, que tem como integrantes os parlamentares Alexandre Dentista (PSDC), Eduardo Carneiro (PSB) e Moreira (PTB). De acordo com Cunha, a falta das vacinas lhe causa muitos transtornos, como problemas respiratórios.

“Falei com o secretário de Saúde, Sérgio Iglesias, que até o momento não resolveu a questão”, ressaltou o munícipe ao afirmar que decidiu pedir ajuda da Comissão no caso. Infelizmente, a resposta não foi das melhores. Por e-mail, eles informaram que há três anos a prefeitura está devendo para o laboratório”, completou.

 

O presidente da Comissão de Saúde, Alexandre Dentista, considerou justa a necessidade do munícipe e explicou que a Comissão irá mandar um ofício para a Prefeitura indagando o secretário de Saúde sobre o assunto. “Também vamos tentar marcar uma reunião com Sérgio Iglesias para cobrá-lo. Sabemos que não é exclusivamente esse medicamento que está em falta, há vários outros”, salientou o parlamentar.

 

Em contrapartida, a administração pública revelou que a vacina encontra-se em processo de compra, e que no dia 05 deste mês não houve interessados em participar do pregão. Diante deste quadro, o governo municipal ressalta que irá promover um novo chamamento para aquisição da vacina. A mesma encontra-se em falta desde dezembro do ano passado.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto