Na reta final do processo de escolha do novo gestor do Hospital Municipal Pimentas–Bonsucesso (HMPB) pela Prefeitura de Guarulhos, uma das organizações sociais que disputa o lugar que atualmente é ocupado pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), onde segundo informações obtidas pelo HOJE está fora do certame por ser alvo de CPI em Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, está sendo alvo de investigação no Mato Grosso.

Com sede na cidade de São Paulo, o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), uma das empresas finalistas no processo de licitação do Pimentas-Bonsucesso, administrou o Hospital Regional de Sorriso (MT) e, na sua gestão, a unidade hospitalar passou a ser investigada por supostas irregularidades cometidas na compra de equipamentos, como um arco cirúrgico digital móvel, um aparelho de raio-X móvel digital e um microscópio cirúrgico para neurologia.

No decorrer das apurações, a Promotoria solicitou o cancelamento do contrato com o governo do estado. O processo instaurado no Mato Grosso teve como embasamento o relatório de auditoria realizado no contrato entre o governo e a organização social. Nele teria sido constatada uma série de irregularidades na execução imperfeita, inadequada e insuficiente do contrato, porém, o documento não revela maiores detalhes.

A reportagem levantou ainda que houve a intervenção estadual no hospital em função da INDSH não cumprir as cláusulas contratuais estabelecidas para atendimento à população. E por decreto, o governo do estado assumiu novamente a gestão no ano passado.

O INDSH também esteve envolvido na administração do Hospital Regional Público do Marajó, em Breves (PA), Hospital Geral de Tailândia (PA), Hospital Público Regional do Leste, em Paragominas (PA), Unidade de Pronto Atendimento e Pronto Atendimento Infantil Santa Paula, em Ponta Grossa (PR), Hospital Municipal de Araucária (PR), Maternidade Dr. Eugênio Gomes de Carvalho, em Pedro Leopoldo (MG) – (unidade própria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here