Depois de 18 anos, o clássico guarulhense entre AD Guarulhos, que mesmo sem ter realizado a mudança de nome na Federação Paulista de Futebol (FPF) prefere que seja chamada de Guarulhos GRU, e Flamengo voltou a ser disputado. Apesar do munícipio contar com uma população de quase 1,4 milhão de habitantes, a média de público é de apenas 405 torcedores por jogo. Os três confrontos entre eles pelo Campeonato Paulista da 4ª Divisão nesta temporada terminou empatado em 1 a 1.

No duelo realizado no último domingo, 15,335 torcedores acompanharam o empate em 1 a 1 – gols de Luan para o Corvo e Bruno Humberto para o Índio guarulhense. O presidente do Rubro-Negro guarulhense, Edson David Filho, entende que o fato das duas equipes estarem no último nível do futebol estadual é o principal motivo pela baixa média de público no estádio Antônio Soares de Oliveira.

“Acredito que a divisão é um grande problema e isso acaba causando o desinteresse do torcedor, além de não tem uma emissora de TV aberta. Creio que pela campanha das duas equipes no campeonato poderia ter um público melhor. Também é difícil competir com a Copa do Mundo”, justificou Filho.

Levando em consideração a quantidade de habitantes que a cidade possui – aproximadamente 1,4 milhão -, a média de torcedores que estiveram nos três jogos entre o Corvo e o Índio representa 0,26%. O primeiro duelo registrou a presença de 494, enquanto o segundo contou com 385 expectadores.

Em contrapartida, Ricardo Agea, presidente da AD Guarulhos, entende que a Copa do Mundo teve influência direta neste resultado. “Vamos tentar agora a promoção do Futebol Sustentável – campanha que permite a troca de garrafas pet por ingresso -, para ver se melhora o público”.

Com o empate, tanto Flamengo quanto AD Guarulhos estão empatados com 1 ponto juntamente com o tradicional São José e o novato Mauá. Na próxima rodada, o Corvo encara o Águia do Vale fora de casa, enquanto o Índio guarulhense recebe o time do ABCD paulista.

Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here