Bom Clima e Pimentas têm os piores índices de qualidade do ar na cidade

Os bairros do Bom Clima e Pimentas possuem os piores índices de qualidade do ar em Guarulhos classificados entre moderado e ruim, segundo o Climatempo. Sem a expectativa de chuva e com o vento fraco, a concentração dos poluentes aumentou e a população deve enfrentar uma semana de qualidade do ar bastante prejudicada especialmente na região metropolitana.

“O ar está muito seco e tenho dificuldades até para respirar. Acho que uma chuvinha cairia bem pra melhor a qualidade do ar. Os olhos também ficam irritados e ardendo bastante”, disse a operadora de caixa Cristina Xavier, 28 anos, moradora do Pimentas.

Na última segunda-feira (16), nove estações medidoras da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) registravam qualidade do ar ruim no meio da manhã. Outras 17 estavam com qualidade do ar moderada e apenas duas estações apresentavam qualidade do ar boa. A secura do ar aliada à alta concentração de poluentes aumenta o desconforto da população e possíveis complicações respiratórias.

A umidade relativa do ar pode ficar novamente perto ou abaixo de 20% na Grande São Paulo e principalmente no interior do estado. Essa será a tendência para quase todo o estado no decorrer da semana. “O tempo vai permanecer seco e ensolarado em grande parte da região metropolitana”, declarou o meteorologista Bruno Maon.

Pessoas com doenças respiratórias ou cardíacas, idosos e crianças têm os sintomas agravados. População em geral pode apresentar sintomas como ardor nos olhos, nariz e garganta, tosse seca e cansaço. Nestes casos a atenção deve ser redobrada utilizando umidificadores em ambientes fechados, ingerindo maior quantidade de água ao longo do dia e evitando, se possível, locais poluídos além de atividades ao ar livre nas horas mais secas do dia.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Guarulhos está há 78 dias sem chuva. No mês anterior, o Inmet chegou a registrar alguns pequenos chuviscos de apenas 0,2 mm. Os registros meteorológicos são realizados no Mirante do bairro de Santana na zona norte da cidade de São Paulo.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto