Em função da ausência do laudo do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), o ginásio Fioravante Ievorlino, entregue pela prefeitura há 30 dias, não pode receber jogos do Campeonato Paulista de Futsal. O local não teve a aprovação da Federação Paulista de Futsal (FPFS), conforme documentos obtidos com exclusividade pelo HOJE.

Com a reprovação do ginásio, que foi indicado pelo Atlético Guarulhense para mando de seus jogos durante a competição estadual, a FPFS exige a indicação de outro local pela equipe, desde que contenha o AVCB, de acordo o regulamento.

Uma das opções seria a quadra do Centro Educacional Unificado (CEU), Cumbica, que mesmo sem ter o laudo AVCB recebe jogos da equipe de handebol. Entretanto, a direção do Clube Atlético Guarulhense pede para que a Federação Paulista de Futsal mantenha os compromissos da agremiação guarulhense no ginásio Fioravante Ievorlino.

“Peço que mantenha os jogos no Fioravante Iervolino, até [que haja] um parecer oficial do governo [municipal]. [Existe] o risco de não jogarmos com nossas categorias neste semestre prejudicando Guarulhos e algo em torno de 200 atletas. Não jogamos o Estadual do ano passado, em vista do não pagamento por parte da Subsecretaria de Esportes e depois de um ano, novamente este assunto vem à tona”, reclamou Carlos Fernandes, diretor do Clube Atlético Guarulhense.

Já a Prefeitura de Guarulhos informa que o ginásio Fioravante Iervolino foi reaberto apenas para treinamento das equipes locais. A Subsecretaria de Esportes está em fase final para adequação e realização de vistoria para que sejam realizados jogos no local.

Antônio Boaventura

[email protected]

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here