A Secretaria de Transportes e Trânsito (STT) realizou uma ação integrada com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em três grandes bares localizados na região central da cidade, como parte da Semana Nacional do Trânsito. O objetivo foi de alertar os riscos de se beber e dirigir, tanto para a vida quanto para os graves problemas que podem resultar com essa mistura.

A ação contou com a participação de atores, que de forma lúdica representaram a história do jovem Luiz Fernando, que sai com seu carro para um barzinho para beber com o amigo Oswaldo. Em certo momento chega uma senhora, Dona Albertina, procurando seu neto Luiz Fernando que deixou seu carro estacionado próximo ao bar.

Desesperada que ele estivesse bebendo e fosse dirigir, interrompe os cantores e pega o microfone a procura de seu neto. Luiz Fernando é logo localizado e é confirmada a suspeita da avó, que ele estava ingerindo bebida alcoólica. Morrendo de vergonha, após várias tentativas de se explicar, finalmente Luiz Fernando consegue demonstrar a sua avó que Oswaldo que o acompanhava era o “motorista da vez” e que não tomaria nenhuma bebida alcoólica.

Diante dessa explicação, Dona Albertina se acalma e por fim anuncia a todos os clientes que esta foi uma encenação para conscientização de não dirigir sob a influência de álcool. Na sequência foi passada a palavra ao inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Celso Fernandez, que numa breve explanação informou que o índice de mortalidade por acidentes de trânsito no município vem aumentando em 2018 e que uma das principais causas é exatamente a embriaguez ao volante.

Fechando a apresentação,  agentes de trânsito, educadores, funcionários da STT e PRFs distribuíram panfletos informativos sobre a Lei Seca e dados de acidentes, bem como promoveram a realização de testes com etilômetros de forma educativa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here