Nesta quinta-feira (1), foi realizada a primeira reunião da Comissão Especial de Inquérito (CEI) instaurada com o objetivo de apurar possíveis ilegalidades ocorridas em face do Decreto Municipal 28.697/2011, que alterou a base de cálculo do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) envolvendo planos de assistência à saúde, bem como o impacto e os motivos de sua revogação por meio do Decreto 29.306/2011 e seu restabelecimento a partir do Decreto 31.275/2013.

A chamada CEI dos Decretos é presidida pelo vereador Moreira (PTB), que protocolou o pedido de abertura da comissão com base na necessidade de investigar a suposta renúncia fiscal que teria beneficiado empresas privadas e cooperativas da área da saúde durante a gestão do prefeito Sebastião Almeida.

Além do presidente, participaram do encontro os vereadores Acácio Portella (PP), Geraldo Celestino (PSDB), Lamé (MDB), Luís da Sede (PRTB) e Dr. Eduardo Carneiro (PSB), definido em votação unânime como relator da comissão.

A próxima reunião da CEI dos Decretos será na quinta-feira (8), em horário que será divulgado durante a Sessão Ordinária de terça-feira (6). Os vereadores esperam receber um representante do Executivo Municipal para dar esclarecimentos sobre o assunto. “Nós estamos convocando alguém da Secretaria da Fazenda, que seja pertinente na matéria, para explicar para nós esses decretos”, afirmou Moreira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here