Sabesp é uma das instituições mais confiáveis de São Paulo, diz pesquisa

Responsável pelo abastecimento e tratamento do esgoto da cidade de Guarulhos desde o último dia 1º, a Sabesp é, para a maioria dos paulistanos, uma das instituições mais confiáveis de São Paulo. Em pesquisa divulgada nesta quarta-feira (23), a companhia do governo do estado foi a segunda empresa mais bem avaliada, com 52% de nível de confiança, ficando atrás somente do Metrô, com 58%, e sendo uma das únicas quatro instituições a superar a marca de 50%.

A pesquisa “Qualidade de Vida – Viver em São Paulo”, realizada pelo Ibope Inteligência e encomendada pela Rede Nossa São Paulo, mostra um aumento de quatro pontos percentuais na avaliação recebida pela companhia, saltando de 48% em 2017 para 52% no ano de 2018. Esse crescimento é registrado passados apenas três anos de uma das piores  estiagens da história, mostrando a credibilidade da população com relação  aos serviços prestados pela empresa.

No total, foram 13 instituições participantes da pesquisa, entre Metrô, Polícia Militar, CET e Prefeitura de São Paulo. O trabalho foi realizado  para analisar a opinião dos moradores da cidade sobre saúde, educação,  confiança nas instituições, qualidade de vida e bem-estar. Também sondada, a satisfação com a cidade em si aumentou. Os entrevistados atribuíram nota média de 6,3 para a qualidade de vida na capital paulista, a maior desde 2014.

Foram entrevistados 800 moradores de 16 anos ou mais da cidade de São Paulo, no período de 4 a 21 de dezembro de 2018. O intervalo de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de três pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados totais.

Em Guarulhos, companhia zerou afila de solicitações de atendimento

Substituta do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) desde o dia 1º deste mês, a Sabesp registrou nos primeiros dias de atuação no município cerca de 10 mil solicitações de atendimento, zerando a fila em seus três canais de atendimento.

Entre as principais demandas apontadas pelos guarulhenses estão o vazamento de água e informações sobre o abastecimento. Os dados apurados correspondem ao período de 02 a 07 de janeiro. De acordo com a empresa de capital misto, as demandas provêm de todas as regiões da cidade. Os principais questionamentos costumam ser de vazamentos de água ou de esgoto, dúvidas sobre a fatura, emissão de 2ª via da conta, informações sobre o abastecimento e ligação de água em residências, comércios ou indústrias