Capacitação reúne produtores culturais na Biblioteca Monteiro Lobato

Artistas e produtores ligados à cultura popular se reuniram na noite da última quinta-feira (1º) na Biblioteca Monteiro Lobato durante encontro de capacitação de interessados na 7ª Edição do Edital Culturas Populares 2019. A qualificação, oferecida pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, contou com o apoio da Prefeitura de Guarulhos.

A iniciativa faz parte de um conjunto de ações da Secretaria de Cultura de Guarulhos cujo objetivo é fomentar a concepção de projetos culturais, permitindo que mais pessoas se apropriem do passo a passo de sua elaboração. “Além de atuar na formação de produtores culturais, democratizando e ampliando a participação da sociedade civil em grandes editais do país,o objetivo da Pasta de Cultura com a oferta dessa capacitação é fazer com que muitas propostas que ainda estão no campo das ideias alcancem meios para sua verdadeira concretização”, explica o secretário de Cultura de Guarulhos, Vitor Souza.

O secretário aponta ainda a realização do 1º Encontro de Economia Criativa de Guarulhos, em abril passado, o 2ª Encontro no dia 15 de agosto e a 3ª Mostra de Economia Criativa durante a Semana do Conhecimento, em outubro, como iniciativas fundamentais e desafios para os governos no que diz respeito à busca de caminhos para estimular a geração de renda, a criação de empregos e a produção de receitas de exportação ao promover a diversidade cultural e o desenvolvimento humano.

Durante todo o mês de julho, a Secretaria de Cultura ofereceu encontros gratuitos para a capacitação de proponentes interessados em desenvolver projetos culturais. Ao longo de 14 encontros, que aconteceram em diferentes regiões da cidade, participantes locais e pessoas vindas de municípios próximos esclareceram dúvidas, analisaram cuidadosamente todo o processo que envolve a execução de projetos e tiveram contato com o detalhamento de cada uma das partes que compõem as propostas, desde a necessidade de estabelecimento de justificativas e objetivos claros até a definição de cronograma, orçamento, entre outros.

Sérgio de Paula Reis Filho, representante da regional Sudeste do Ministério da Cidadania, enfoca a grandiosidade da iniciativa, amplamente direcionada às políticas culturais. “É muito importante que os produtores culturais dos municípios de São Paulo participem em massa do edital, pois a cultura tradicional produzida pela região é bastante valorizada, principalmente nos aspectos que se referem à promoção e à preservação da cultura”, observou.

As inscrições para a 7ª Edição do Edital Culturas Populares vão até 16 de agosto. O prêmio neste ano homenageia Vitor Mateus Teixeira, o Teixeirinha. Serão destinados R$ 5 milhões para 250 iniciativas que visam a fortalecer e dar visibilidade a atividades da cultura popular e tradicional de todo o Brasil, como cordel, quadrinha, maracatu, jongo, cortejo de afoxé, bumba-meu-boi, boi de mamão, entre outras.

As inscrições para a 7ª Edição do Edital Culturas Populares podem ser feitas pela internet, em link disponível no endereço eletrônico http://culturaspopulares.cultura.gov.br/. Na edição de 2019, cada um dos vencedores vai receber R$ 20 mil.