Obras dos sanitários e base da GCM no Lago dos Patos continuam sem prazo para entrega

Antônio Boaventura

[email protected]

A reforma dos banheiros e da base da Guarda Civil Municipal no Lago dos Patos, na Vila Galvão, continua sem qualquer previsão para ser concluída, segundo a prefeitura. Frequentadores e comerciantes da área apontam a indefinição como fator determinante para a redução do número de pessoas nos últimos meses.

O HOJE conversou com funcionários da Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos (Proguaru), empresa responsável pelas obras, que revelaram sob a condição de anonimato, que as benfeitorias estariam paralisadas por conta da falta de material para a continuidade das mesmas. Eles também ressaltaram que a entrega está prevista para o dia do aniversário da cidade. Ou seja, 8 de dezembro.

“Muita gente frequenta o Lago dos Patos em busca de tranquilidade e sossego. Com a falta da base da GCM, a sensação de insegurança aumentou nos últimos meses”, disse o autônomo João Victor, 20 anos.

Um comerciante, que pediu para não ser identificado, entende que a situação em que se encontra o Lago dos Patos, classificado por ele como ponto turístico do município, é lamentável..

“Não temos banheiros para uso das crianças e dos adultos. É lamentável. A prefeitura precisa ser mais ágil e oferecer mais para aqueles que pagam impostos. Eu ainda tenho fé que as obras desses banheiros e a base da GCM sejam entregues”, disse o comerciante.

Já a administração municipal informou que a Proguaru vem realizando a reforma dos banheiros e da base da Guarda Civil Municipal no Lago dos Patos. Em ambas as edificações estão sendo executada a troca de toda parte elétrica e hidráulica. As obras ainda estão em andamento e não há uma previsão de entrega.

Foto: Ivanildo Porto