Motoristas de aplicativo têm dificuldades para atender as demandas no Aeroporto

UBER Aeroporto de Guarulhos
Foto: Ivanildo Porto

Antônio Boaventura
[email protected]

Mesmo com um ponto específico para embarque e desembarque de passageiros, motoristas de aplicativo de outros municípios, em especial aqueles com cadastros na Uber, estão encontrando dificuldades para atender demandas com origem do Aeroporto Internacional de São Paulo – Guarulhos, em Cumbica. O problema apontado, segundo os condutores, persiste desde os últimos 15 dias.

Passou a vigorar na última segunda-feira (1º), o novo decreto que regulamenta a prestação do serviço de transporte por aplicativo. De acordo com a administração pública, mais de três mil condutores já realizaram o cadastro exigido para circulação nas vias da cidade nesta modalidade.

A administração municipal afirmou que não existe nenhum impedimento para atendimento das demandas dos prestadores de outros municípios no aeroporto de Guarulhos. Em contrapartida, a Uber, que mantém ponto específico para embarque e desembarque naquele equipamento de transporte aéreo, optou por não se pronunciar sobre o assunto. 

Está difícil trabalhar no Aeroporto de Guarulhos. A gente só pode levar o passageiro, mas não pode pegar. Outros motoristas que não são de Guarulhos também estão reclamando dessa situação. É uma boa por que você deixa o passageiro e volta com outro. Agora não temos mais isso”, disse o motorista Israel Cuzinato, que está cadastrado no sistema sob as regras impostas pelo governo da cidade de São Paulo.