MP e PM realizam operação contra jogos de azar em Guarulhos e São Paulo

O Ministério Público do estado de São Paulo (MP) e a Polícia Militar realizaram na manhã desta terça-feira (22), a Operação Trevo da Sorte, nas cidades de São Paulo, Guarulhos e Santo André. Sete pessoas foram presas, sendo uma prisão preventiva e outras seis temporárias, além de estourar 42 casas de jogos de azar, entre bingo e jogos eletrônicos.

Durante a operação, houve a apreensão e a destruição de 2.576 máquinas de bingo, além de coletes balísticos, 14 armas e 1.015 munições. Participaram da ação 12 promotores MP, além de 33 servidores e 807 policiais militares da corregedoria e do Comando de Policiamento de Choque.

Das sete prisões, um policial militar subtenente da ativa foi preso, além de um major aposentado e outros dois ex-policiais. De acordo com a PM, na casa do subtenente, os policiais também teriam encontrado drogas. Segundo o MP, mais R$ 200 mil foram apreendidos, além de US$ 10 mil.

O MP informou ao HOJE que apesar da cidade de Guarulhos ter mandado de busca e apreensão, nenhum bingo foi estourado no município. Os indivíduos presos que não tiveram o nome revelado, devem responder por organização criminosa, contravenção e corrupção de agentes públicos.

Apesar das prisões, oito pessoas ainda continuam foragidas. Ao todo, foram cumpridos 101 mandados de busca e apreensão, nas cidades de São Paulo, Santo André e Guarulhos, sendo 32 mandados nas residências e escritórios de membros da organização criminosa.