Câmara marca o início das audiências da lei orçamentária para dia 25 de novembro

Antônio Boaventura

[email protected]

As audiências públicas sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) já tem data definida para o seu início. Elas acontecem entre os dias 25 e 29 do próximo mês. Presidente da LOA, o vereador Lauri Rocha (PSDB) cobra maior participação da população.

“O orçamento do município é um dos mais altos do país. O importante nas audiências será a participação da população. Nós vamos falar de orçamento para que possa entender de que forma a prefeitura vai gastar o dinheiro”, explicou.

Os trabalhos da comissão serão abertos com a Secretaria de Governo. Na sequência será apresentada as propostas das secretarias de Justiça, Transportes e Mobilidade Urbana, Desenvolvimento Urbano, Trabalho, Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Cultura e chefia de Gabinete. No dia 26, Meio Ambiente, Habitação e Controladoria dão o ar da graça.

O líder do governo, vereador Eduardo Carneiro, ressaltou que a cautela será a marca do governo municipal em relação à previsão orçamentária. Ele descartou a possibilidade de superestimar o orçamento para o próximo ano e entende que o município precisa estar alinhado com o atual momento econômico e financeiro do País.

“Infelizmente o orçamento não é suficiente. Temos que torcer para que o País volte a crescer e a economia dê uma aquecida. E que num futuro bem próximo a gente possa crescer também. Infelizmente, dentro da economia atual e pelo o que herdamos de dívidas do governo anterior dificultou muito. Mas, estou muito otimista para o próximo ano”, observou.

Foto: Ivanildo Porto