Cruzes com nomes de vítimas são expostas no Masp em protesto conta a falta de EPIs

Foto: Divulgação/Sindsep

Cruzes brancas foram instaladas no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, na região central de São Paulo, neste domingo (12), em manifestação contra a falta de equipamentos de proteção dos profissionais de saúde durante a crise do coronavírus.

Organizado por entidades do setor, o ‘ato silencioso’ também faz uma homenagem às vítimas da doença. Até este domingo (12), a Associação Médica Brasileira (AMB) registrava 3.034 denúncias sobre falta de equipamento de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde no país.

Os EPIs essenciais são máscaras, óculos, luvas, gorros, capote impermeável e álcool gel. Em mais de 30% das denúncias encaminhadas para a AMB, todos os ítens estão em falta.

O número de mortos por coronavírus no Estado de São Paulo mais do que dobrou em uma semana, chegando a 560 neste sábado (11). Há uma semana, em 4 de abril, eram 260 mortes, segundo divulgou a Secretaria Estadual de Saúde.