Com UTIs lotadas, hospitais municipais da capital fecham para novos pacientes

Foto: Governo de São Paulo

Seis hospitais municipais de São Paulo estão com pelo menos 95% de lotação nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e fecharam as portas para novos pacientes nesta terça-feira (12). Na segunda-feira (11), eram quatro hospitais com 96% de ocupação. A informação é do G1.

São eles: o Hospital Doutor José Soares Hungria, em Pirituba, na Zona Norte, o Hospital Vereador José Storopolli, na Vila Maria, na Zona Norte, o Hospital Saboya, no Jabaquara, Zona Sul, o Hospital Planalto, em Itaquera, na Zona Leste, o Hospital Inácio Proença de Gouvêa, na Mooca, Zona Leste, o Hospital Municipal de Cidade Tiradentes, no extremo da Zona Leste.

A taxa geral de ocupação nas UTIs de hospitais municipais está em 82% nesta terça-feira (12).