OMS: se transmissão da covid ocorre nas comunidades, pode acontecer nas escolas

Líder da resposta da OMS à pandemia, Maria Van Kerkhove afirmou que é preciso avaliar “no nível local” o contexto para se decidir sobre a reabertura de escolas. Durante entrevista coletiva virtual da entidade, ela notou que, se a transmissão da covid-19 ocorre nas comunidades, ela obviamente também pode acontecer nas escolas.

Kerkhove disse que a OMS tem avaliado como a doença aparece em crianças e lembrou que a cada dia tem sido feitas descobertas novas em geral sobre a doença. Segundo ela, a maioria das crianças tende a ter uma versão mais leve da doença, “mas isso não é universal, algumas crianças morreram”. Parece ainda haver diferente incidência entre diferentes grupos etários, com as crianças mais novas com pouca prevalência, enquanto entre os adolescentes o nível de contaminação seria similar ao dos adultos.

De acordo com a autoridade da OMS, é preciso que ocorra uma avaliação sobre as medidas de saúde possíveis nas escolas, decisão sobre o uso de máscaras, se for apropriado, além da garantir de que as instituições tenham um plano para, por exemplo, o surgimento de casos da doença. Ela também ressaltou a importância de haver uma comunicação adequada e que se estimule o diálogo com pais, crianças e as equipes sobre o assunto.