Secretaria da Saúde presta contas em audiência pública na Câmara

Foto: Nico Rodrigues

Pasta destacou ações do governo no combate ao coronavírus

Em audiência pública de prestação de contas, a Secretaria da Saúde divulgou dados do segundo quadrimestre de 2020, na manhã desta quarta-feira (30). Os trabalhos, realizados de modo virtual por causa da pandemia do coronavírus, foram comandados pelo vereador Eduardo Carneiro (Cidadania), que é presidente da Comissão de Higiene e Saúde Pública da Casa, e contaram com a participação do secretário da Saúde, José Mario Stranghetti Clemente. Os munícipes puderam acompanhar a audiência pela TV Câmara, que transmitiu o evento ao vivo.

Durante a apresentação, representantes da Secretaria salientaram que o país passa por um problema econômico e a cidade de Guarulhos também sofreu uma queda na receita. Ainda assim, de acordo com os números apresentados, o percentual de recursos aplicados na área da saúde ficou em 27,40% no primeiro e no segundo quadrimestres acumulados. O mínimo constitucional é de 15%.

Nesse período analisado, as despesas liquidadas próprias em saúde foram de R$ 522 milhões. As despesas da Secretaria são divididas em quatro programas: fortalecimento da gestão do sistema único de saúde; fortalecimento da atenção básica; ampliação do atendimento em média e alta complexidade; e qualificação das ações de vigilância em saúde.

Coronavírus

Para o combate ao coronavírus na cidade, a Secretaria divulgou uma receita estimada de R$ 85 milhões (incluindo repasses federais e estaduais, doações e auxílio aos municípios). Segundo a Pasta, foram mais de 28 mil pessoas atendidas, a maioria delas pelo sistema de Drive-Thru.

Entre as principais ações de enfrentamento da pandemia, destaque para a instalação de um hospital de campanha (o 3CGRU), a constituição de um Comitê Municipal de Controle de Epidemias, a elaboração de um plano de contingência e de um fluxograma de atendimento em casos suspeitos de COVID-19, medidas para fortalecer o isolamento social e a realização de um mutirão de testes rápidos.

“Fico feliz em verificar que, mesmo com todas as dificuldades econômicas que tivemos e que ainda estamos tendo, não deixamos o guarulhense desassistido. Isso é uma coisa de extrema importância”, afirmou o secretário José Mario Clemente.