Covid-19: Com menor intensidade, número de casos volta a crescer e registra alta de 2,3% nos últimos 7 dias

Antônio Boaventura
[email protected]

O município apresenta alta de 2,3% de casos de populares contagiados pelo novo coronavírus nos últimos 7 dias. De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica Municipal, essa quantidade saltou de 25.447 para 26.029. Ou seja, 582 novos indivíduos portando o vírus contra 872 da semana anterior. Contudo, o prefeito Guti (PSD) entende que a situação ainda é confortável, além de destacar o nível de ocupação de leitos de UTI.

A ocupação dos leitos de UTI – Unidade de Terapia Intensiva -, reduziu de mais de 64,2% para 52,4%, o que representa uma queda de 11,8% na ocupação desses espaços. Já os locais classificados como de enfermaria registraram na semana anterior uma ocupação de aproximadamente 60% e passaram para 63,7%. Ou seja, uma alta de 3,7%.

“Depois que encerramos as atividades no hospital de campanha e entregamos os leitos da iniciativa privada, esse é o meno índice desde o começo da pandemia. Guarulhos com sua capacidade natural de atendimento, sem contar com o 3CGRU e os leitos da iniciativa privada, chegou ao seu melhor índice, que foi de 52,4% de leitos ocupados em UTI”, declarou o prefeito Guti.

A região central continua sendo aquela que apresenta maior número de casos no município. Saltou de 7.374 para 7.535. Na sequência aparece o território que abrange o Jardim São João com 6.779. Antes era 6.649 infectados. Os bairros que compõe o distrito da Cantareira é o terceiro com maior incidência de contaminados pelo novo coronavírus em Guarulhos. Por lá, 6.579 pessoas testaram positivo para covid-19. No Pimentas, uma das regiões mais populosas da cidade, o número passou de 4.924 para 5.056.

“Estamos relativamente confortáveis, mas não podemos descuidar e precisamos r todas as precauções, que são necessárias. Os números começam a ficar mais confortáveis e as nossas condições de atendimento também”, disse José Mário, secretário de Saúde, na semana anterior.