GCM age contra aglomerações envolvendo mais de 600 pessoas no fim de semana

Durante o último final de semana (da noite de sexta-feira (30) até domingo (2)), a Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos atendeu a 66 chamados de perturbação ao sossego público e aglomeração pelo telefone de emergência 153, envolvendo um total de 630 pessoas que desrespeitavam as medidas sanitárias de prevenção à covid-19. Desse montante, 32 foram atendidos nos locais por equipes da GCM, que resolveram o problema após diálogo com as partes envolvidas.

Em outras 34 ocasiões os denunciantes foram orientados por telefone, sem a necessidade de deslocar uma equipe até o local. Houve ainda 27 chamados não atendidos por falta de maior detalhamento das informações por parte dos denunciantes.

Dentre os locais que foram visitados constam bares, praças e residências localizadas nos bairros Bonsucesso, Pimentas, Taboão, Jardim São João, Cabuçu, Centro, Vila Galvão, Cocaia, Jardim Cumbica, Jardim Bela Vista, Vila Rio de Janeiro, Picanço, Vila Barros, Vila Flórida, Parque Continental, Ponte Grande e Jardim Bom Clima.

Segundo o coordenador operacional da GCM, inspetor Adjomar de Sousa da Silva, “os agentes têm atuado para coibir e minimizar a realização de eventos com aglomerações, já que as ações se fundamentam no cumprimento da legislação vigente e no principal motivo, que é resguardar a saúde das pessoas que, além de estarem expostas à contaminação pela covid-19, ainda prejudicam a vizinhança com perturbação do sossego e impedem o direito de ir e vir dos cidadãos”.