Após matar e esconder o corpo em uma mata, suspeito do crime é preso no Continental

Um homem suspeito de matar um ajudante de cozinha de 48 anos e ocultar o corpo em uma mata na rua Noventa e Nove – no Continental, teve decretada a prisão temporária.

A crueldade aconteceu, depois de um desentendimento entre os vizinhos, na última sexta-feira (21). Porém a prisão só foi decretada no domingo (23).

A polícia militar foi chamada por um outro vizinho, que mora no mesmo quintal da vítima e também do suposto autor da crueldade.

Depois de realizadas buscas na mata, os PM encontraram um segundo corpo já em estado de decomposição, que também foi levado para a perícia.

A ocorrência foi registrada no 2º DP.