Apresentação de O Turco na Itália abre o 1º Festival de Ópera de Guarulhos

A atuação impecável dos atores e cantores, somada ao fôlego dos instrumentistas da Orquestra Gru Sinfônica ao longo de mais de duas horas de apresentação, rendeu um dos espetáculos mais contagiantes que a cidade de Guarulhos já recebeu, O Turco na Itália, ópera-bufa em dois atos de Gioachino Rossini. O espetáculo, exibido ao vivo no Teatro Adamastor na última sexta-feira (24) e no domingo (26), marca a abertura do 1º Festival de Ópera de Guarulhos e está disponível no canal do YouTube das Orquestras de Guarulhos, no endereço https://www.youtube.com/watch?v=eQGldLr4IhY.

De acordo com o diretor de eventos culturais da Secretaria de Cultura, César Samsoniuk, a realização do 1º Festival de Ópera de Guarulhos eleva a cidade a um patamar artístico comparado ao de grandes capitais.

“Guarulhos é a primeira cidade não capital a receber um espetáculo dessa magnitude, um grande orgulho para esse time de profissionais, artistas e músicos engajados em unir esforços e empenhar ações de grande impacto para a vida das pessoas e, assim, fazer a diferença na cultura de nossa cidade”, comemorou Samsoniuk.

Com direção musical e regência de Emiliano Patarra e direção cênica de André Heller Lopes, a montagem de O Turco na Itália integra a Série No Mundo da Ópera da Temporada 2021. O corpo artístico contou com elenco de grande expressividade, que deu vida e graça a personagens hilários, composto pelos cantores Savio Sperandio, (Selim), Saulo Javan (Don Geronio), Tati Helene (Fiorilla), Anibal Mancini (Narciso), Juliana Taino (Zaida), Vinícius Atique (Prosdocimo) e Cleyton Pulzi (Albazar).

Ambientado em um circo, o espetáculo possibilitou combinações interessantes, em que o aspecto dramático da ópera ganhou ares de comicidade com esquetes circenses, que levaram o público às gargalhadas. “Isso nos mostra que um espetáculo de ópera pode ser algo muito impactante e dinâmico sem estar, necessariamente, associado ou preso a referências do passado”, observou o maestro Patarra ao enfatizar o diferencial da temporada das orquestras: estabelecer conexões entre diferentes linguagens artísticas.

Programação do 1º Festival de Ópera de Guarulhos

Nos dias 29 e 31 de outubro, sexta-feira às 20h e domingo às 19h, a Orquestra Gru Sinfônica reapresenta o espetáculo O Cônsul, ópera em três atos do ítalo-americano Giancarlo Menotti, grande sucesso da temporada 2020 que estreou no Teatro Adamastor em novembro do ano passado.

A direção cênica é de Pablo Maritano e o espetáculo conta com os cantores Tati Helene (soprano), Vinícius Atique (barítono), Juliana Taino (mezzosoprano) e Ana Lucia Benedetti (Mezzo-Soprano).

Ainda em outubro, no dia 16, às 20h, as orquestras de Guarulhos apresentam gala lírica em homenagem ao compositor italiano Giuseppe Verdi, espetáculo sob regência de Silvio Viegas com os cantores Paulo Mandarino (tenor) e Marly Montoni (soprano).

Em novembro, dias 26 e 28, sexta-feira às 20 e domingo às 19h, o Festival de Ópera destaca Rusalka, obra do compositor checo Antonín Dvo?ák, primeira audição nacional com a Orquestra Gru Sinfônica em homenagem aos 180 anos do compositor. Com direção cênica de Pablo Maritano, o espetáculo conta com a participação dos cantores Tati Helene (soprano), Eric Herrero (tenor), Marcelo Ferreira (barítono) e Ana Lucia Benedetti (mezzosoprano).

Todos os espetáculos são gratuitos e acontecem no Teatro Adamastor. Os ingressos são limitados a 300 lugares e devem ser retirados com antecedência pelo site http://orquestrasdeguarulhos.com/. Os espetáculos do 1º Festival de Ópera de Guarulhos também serão transmitidos pelas redes sociais das orquestras no YouTube e no Facebook.

Para saber mais sobre os eventos culturais da cidade acesse https://www.guarulhos.sp.gov.br/agendacultural.