PC da Capital deflagra operação para combater crimes praticados por falsos entregadores de delivery

Foto: Divulgação/SSP-SP

A Polícia Civil da Capital, por meio da 1ª Delegacia Seccional de Polícia, deflagrou, nesta quarta-feira (4), a segunda fase da operação “Bad Delivery” para combater crimes praticados por falsos entregadores de delivery no centro de São Paulo. A ação faz parte das atividades da megaoperação “Sufoco”, anunciada pelo Governo do Estado e que vai dobrar a quantidade de policiais nas ruas paulistanas.
A operação contra os criminosos que agem na área central do município é resultado de investigações e trabalho de inteligência realizados pelo 1º e 3º Distrito Policial, além da 1ª Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco), com apoio do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Especiais de Polícia (Dope), e da Guarda Civil Metropolitana (GCM).
Participam da ação mais de 70 agentes, incluindo equipes do Canil da GCM, para o cumprimento de 24 mandados de busca e apreensão. O foco é o combate a furtos, roubos e crimes de estelionato cometidos por falsos entregadores de aplicativos, os quais visam a subtração de celulares durante as ações criminosas.
Os resultados da operação serão fornecidos ao fim do dia, mas já há um flagrante de destaque: a prisão de uma mulher em uma Central do PIX, no bairro do Glicério.

- PUBLICIDADE -