Polícia Civil prende sete integrantes de organização criminosa que atua no comércio popular

Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia Seccional de Polícia – Centro e o 12º Distrito Policial, prenderam sete pessoas durante a operações “Hades”, deflagrada nesta segunda-feira (23). A ação foi realizada no âmbito da operação Sufoco com a finalidade de combater as atividades de uma organização criminosa que atua no comércio popular da região do Brás, no centro de São Paulo.

Os trabalhos em campo foram realizados para o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão obtidos com a Justiça após investigações e atividades de inteligência das unidades policias.

Durante nove meses, os agentes apuraram a atuação do grupo, envolvido especialmente com lavagem de dinheiro e a comercialização de espaços públicos, extorquindo ambulantes e comerciantes com ações intimidatórias e emprego de violência.

Participaram da operação 40 policiais, com apoio de 20 viaturas, que prenderam cinco homens e duas mulheres em decorrência das ordens judiciais.

Na casa do principal capturado foram apreendidos dinheiro em espécie, relógios, joias, bolsa de grife, cinco veículos de luxo e duas armas de airsoft – um revólver e uma espingarda.

No imóvel de outro preso foi encontrado um revólver calibre 38, com a numeração suprimida e cinco cartuchos intactos do mesmo calibre. Sendo assim, o homem também foi autuado em flagrante.

Curiosidade

O nome da operação faz alusão ao deus do submundo da mitologia grega. Da mesma forma, agiam os criminosos, os quais mantinham atividades sombrias.

- PUBLICIDADE -