Vereador quer implementar sala de enfermagem em escolas de Guarulhos

Foto: Divulgaão

O projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de uma sala de enfermagem e a de um profissional de saúde nas unidades da rede privada e pública da rede municipal e conveniadas de creches de Guarulhos, de autoria do vereador Sergio Magnum (Patriota), em parceria com a vereadora Sandra Gileno (Patriota), visa levar socorro imediato a crianças em necessidade nas escolas. “Com a sala, caso a criança se machuque ou precise de atendimento rápido, a enfermeira pode ajudar nos primeiros socorros para que depois ela seja encaminhada ao hospital, caso necessário”, diz o parlamentar.

Segundo ele, a necessidade da proposta surgiu devido a sua atuação na área da Saúde há mais de 30 anos. “Muitas vezes vemos as crianças que se machucam, até brincando no pátio, sendo socorridas diretamente nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e chegando lá, as vezes é um trauma, uma coisa bem mais complexa, então tendo uma enfermeira ou auxiliar que possa atender os primeiros socorros evita de esses machucados e ferimentos virarem algo mais complexo”, explica.

Em seu segundo mandato como vereador, sua propositura é voltada para a restruturação da área da saúde, lutando pela ampliação da rede de atendimento de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (Amas) em Guarulhos. Além disso, Sergio Magnum é responsável pela criação no PL que dispõe sobre a distribuição gratuita de insulina aos insulanos dependentes na cidade.

O parlamentar defende a criação de mais Centros Educacionais Unificados (CEUs) em Guarulhos, visando a disponibilização de cursos técnicos e profissionalizantes, que capacitem jovens para o mercado de trabalho, e atividades que despertem o interesse juvenil no campo do esporte, dança, artes cênicas, entre outros possíveis temas a fim de buscar formas que desestimule o uso de drogas e práticas ilícitas.

Sergio Magnum foi candidato a vereador pela primeira vez em 2000, pelo partido PCdoB. Concorreu pela segunda vez em 2004, atuando como primeiro suplente. Há oito anos como vereador, foi eleito pela primeira vez em 2016, pelo PEN e reeleito em 2020, pelo Patriota.

- PUBLICIDADE -