Número de doadores de sangue diminui 6% neste ano

O número de doadores de sangue neste ano caiu 6% na cidade. A média de candidatos baixou de 900 para 840 no Hospital Geral de Guarulhos (HGG), de janeiro a maio deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Os hospitais incentivam à doação de sangue no mês de junho, pois o frio costuma afastar as pessoas do processo. Os hemocentros de vários estados do país costumam ficar com os estoques de sangue baixos. Em São Paulo, por exemplo, a instituição Pró Sangue está com 30% a menos de estoque do que o ano passado.

Ainda segundo o Pró Sangue, o objetivo é ajudar a atender necessidades de transfusão de sangue, situações de emergência entre outros procedimentos hospitalares. O Ministério da Saúde recomenda que somente pessoas saudáveis adquiram o hábito de doar.

Os requisitos básicos obrigatórios são que o individuo deve estar saudável, durante oito dias não pode ter apresentado sintomas de gripe, pesar acima de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos de idade e levar um documento de identificação com foto. Menores de idade devem estar acompanhados com os pais ou um responsável e portar uma autorização.

A coleta é feita com material descartável e por enfermeiras sob supervisão médica. Em 40 minutos, são retirados aproximadamente 450 ml e mais 20 ml para exames sorológicos. Não é necessário jejum, no entanto, após o almoço ou jantar pede-se um intervalo de 3 horas para iniciar a doação.

Reportagem: Letícia Lopes