PRF já autuou 705 veículos por não usarem o farol baixo em Guarulhos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já multou 705 veículos por desrespeitar a obrigatoriedade do farol baixo de dia ao circular nas duas rodovias federais que cortam a cidade, Fernão Dias e Presidente Dutra.
O descumprimento da lei é considerado infração média, com quatro pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 85,13, que passará para R$ 130,16 no mês de novembro. No Estado de São Paulo, a o balanço da PRF registrou o total de 6.616 infrações.

A Presidente Dutra foi a que teve o maior número de flagrantes, com mais de três mil condutores autuados entre Queluz, na divisa do Rio de Janeiro e São Paulo. No Brasil, foram mais de 124 mil multas de desrespeito à legislação.

Antes da lei, o farol era exigido para todos os veículos somente durante o período noturno e dentro de túneis. Já no caso das motos, o uso das luzes era exigido em todos os lugares, tanto durante o dia quanto a noite.
Segundo o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a vantagem de usar o farol baixo nas rodovias é que os sinais luminosos servem para sinalizar o veículo para outros usuários da via; iluminar a frente e traseira; e alerta que as cores e as formas dos veículos modernos contribuem para oculta-los no meio ambiente, o que dificulta a sua visualização a distância.

Um levantamento realizado pelo HOJE no mês de julho revelou que em apenas dez dias de vigência da lei, os motoristas já deram sinais que não sabiam das novas regras implantadas pela polícia. Diversos veículos transitavam pelas rodovias federais com os faróis desligados. A justificativa era que os motoristas não se lembravam de ligar os faróis.

Reportagem: Leticia Lopes

Foto: Ivanildo Porto