Tudo começou em um terreno no Jardim Tranquilidade, na rua Rio Grande do Sul, quando um funcionário iria realizar um pequeno trabalho neste terreno que possui poucas casas, mas próximo ao muro, notou a presença de uma sacola preta pequena, e quando foi verificar era uma criança, ainda com o cordão umbilical, com sangue e enrolada em panos.

A criança foi encaminhada ao Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, localizado na rua José Mauricio, na região do centro, mas até o momento, não há informação a respeito da mãe da criança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here