UNG sobe duas posições em ranking que avalia universidades brasileiras

A Universidade Guarulhos (UNG) subiu duas posições no Ranking Universitário Folha (RUF) 2016, divulgado ontem pelo jornal Folha de S.Paulo. Segundo o RUF, a instituição saiu da 129ª posição em 2015 figurando agora no 127° lugar com nota final de 35,3.

O RUF avaliou os quesitos de pesquisa, onde a UNG obteve nota 21,7; ensino, com 2,23; inserção no mercado, com 8,09; internacionalização com 3,17 e inovação, onde a universidade obteve nota de 0,69.
De acordo com o RUF, a quantidade de alunos matriculados na UNG apresentou crescimento de 7,5%. Em 2015 a instituição contava com 17.291 estudantes, número este que subiu para 18.600 universitários.
A UNG ainda se destacou entre as melhores universidades do país ficando à frente de instituições como a Universidade São Judas Tadeu (USJT), Universidade Camilo Castelo Branco (Unicastelo), Universidade de Santo Amaro (Unisa) e a Universidade Brás Cubas (UBC).

O RUF é uma avaliação anual do ensino superior do Brasil feita pelo jornal Folha de S.Paulo desde 2012. Na edição de 2016 há dois produtos principais: o ranking de universidades e os rankings de cursos.
No ranking de universidades estão classificadas as 195 universidades brasileiras, públicas e privadas. No ranking de cursos é possível encontrar a avaliação de cada um dos 40 cursos de graduação com mais ingressantes no Brasil, como administração, direito e medicina, a partir de dois indicadores: ensino e mercado. Em cada classificação são considerados os cursos oferecidos por universidades, por centros universitários e por faculdades.

Unifesp é a única pública que aparece na relação

Em Guarulhos, a única instituição pública que aparece na lista é a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) que subiu da 22ª posição para a 16° lugar, com nota final 86,5. Nos quesitos avaliados a Unifesp recebeu nota 40,8 em pesquisa, 29,6 em ensino, 9,72 em mercado, 3,5 em internacionalização e 2,88 em inovação.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto