Martello passa Elói e está no segundo turno, aponta Sebram

Contrária à pesquisa Ibope divulgada na sexta-feira (16) e que apontou o candidato a prefeito Elói Pietá (PT), em segundo lugar, com 19% das intenções de voto, seguido de Guti (PSB), com 11%, o que garantiria ao petista uma vaga no segundo turno das eleições municipais em Guarulhos, nova pesquisa do Instituto Sebram, desta terça-feira (20), mostra ascensão do prefeiturável Martello (PSD), com 15,40%, em segundo, e Pietá, em queda, com 13,50%, em terceiro. Ou seja, neste caso, Martello é que estaria no segundo turno.
Mas em uma coisa, as pesquisas Ibope (realizada entre os dias 10 e 12 de setembro) e Sebram concordam: o candidato Eli Corrêa (DEM) é o preferido dos eleitores guarulhenses, aparecendo em primeiro com 20% e 20,63%, respectivamente.

A pesquisa Sebram entrevistou 800 eleitores entre os dias 16 e 19 de setembro, tendo sido registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número SP-09719/2016. O seu nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3,5%, para mais ou para menos.
Nela, o candidato Guti (PSB) é o quarto candidato mais lembrado dos eleitores, com 9,13%, empatado tecnicamente, dentro da margem de erro, com Jorge Wilson (PRB), com 6,38%; seguido de Carlos Roberto (PSDB), com 2,88%; Néfi Tales (PPL), 1,40%; Wagner Freitas (PTB), 1,25%; e Albertão (PSOL), com 0,80%.

Ainda de acordo com a pesquisa, 21,35% dos eleitores não sabe ou não quiseram opinar sobre seus candidatos, e 7,30% disseram que vão votar em branco ou anular o voto.

Petista segue em primeiro quando o quesito é rejeição

“Se a eleição fosse hoje, em qual desses candidatos você não votaria para prefeito?”. Diante desta pergunta, os eleitores de Guarulhos ouvidos pelo Instituto Sebram elegeram o candidato do PT, Elói Pietá, em primeiro lugar com 21,30%. Em segundo aparece o candidato democrata Eli Corrêa, com 14,50%.
O prefeiturável Martello (PSD) segue em terceiro no critério rejeição com 7,38%; seguido de Guti (PSB), com 7,00%; Jorge Wilson (PRB), com 5,50%; e Néfi Tales (PPL), com 4,50%. O tucano Carlos Alberto aparece com 4,25% de rejeição, Albertão (PSOL) com 2,50%, e Wagner Freitas (PTB), com 2,20%. Não sabem/não opinaram somaram 22,62% e brancos/nulos ficaram em 8,25%.