O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap) convocou para esta terça-feira (11), às 11h30, uma assembleia geral extraordinária com toda a categoria dos procuradores da Prefeitura de Guarulhos. O encontro acontecerá na sede do sindicato, na Vila Progresso, para deflagrar um possível movimento grevista.

De acordo com informações do comunicado divulgado pelo Stap, o objetivo da reunião será a deliberação da discussão sobre a manutenção dos salários de julho deste ano, a melhoria de condições de higiene e segurança durante do serviço e sobre a falta de materiais para a execução dos trabalhos, entre outros assuntos.
Segundo o secretário-geral do Stap, Rogério de Oliveira, o movimento visa discutir a uma negociação para garantir que todos os direitos trabalhistas dos procuradores sejam respeitados.

“Os procuradores fazem parte da categoria dos servidores e como nós representamos os interesses dos trabalhadores sempre vamos lutar por eles da melhor maneira possível”, disse Oliveira.
O sindicato informou que 60 procuradores do município reivindicam melhorias no ambiente de trabalho. Segundo o procurador, Cristian David Gonçalves, de 32 anos, as condições de trabalho dos procuradores na cidade estão precárias.

“A situação está crítica nos últimos dois anos. Existe falta de estrutura e uma série de questões que estão afetando diretamente o nosso trabalho. Há problemas relacionados aos processos jurídicos, a falta de itens de higiene pessoal e até de excesso de temperatura no local de trabalho”, afirmou.

Reportagem: Leticia Lopes
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here