O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap), a Comissão de Servidores e direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos participaram hoje, às 10h, de uma reunião no Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE), com o promotor Nadin Mazloum, a fim de tratar de eventual corte em gratificações, como quinquênio e sexta-parte.

Na última segunda-feira (17), centenas de servidores se mobilizaram em frente ao Paço Municipal, no Bom Clima. O sindicato conduziu o movimento com a presença dos diretores Rogério de Oliveira, Jair Lima, Eli Edgar dos Santos, Ricardo da Silva, Renata Grota e Ivandro Moreira.

“O Sindicato entende que a decisão de retirada dos valores é açodada. Nosso empenho será assegurar um direito praticado há décadas”, afirmou o advogado do Stap, Marcelo Mendes Pereira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here