Mapeamento da Habitação aponta mais de 400 áreas irregulares no município

Um mapeamento realizado pela Secretaria de Habitação apontou mais de 400 áreas irregulares em Guarulhos. Segundo o secretário da pasta, Orlando Fantazzini, duas empresas realizam atualmente a regularização fundiária de 36 localidades da cidade.

“Elas estão fazendo o diagnóstico para a regularização fundiária de áreas como a Vila Operária e Santa Edwiges”, explicou Fantazzini ontem, durante audiência pública do projeto da Lei Orçamentária Anual – LOA 2017.

Segundo ele, os critérios para a escolha das áreas a serem regularizadas foram definidos pelo Conselho Municipal de Habitação com o objetivo de atender as necessidades de quem reside nesses locais. “Há um acordo para não atender interesses de movimentos de moradia e nem políticos”, destacou.

Além disso, o secretário ressaltou que a pasta deixará para o novo governo mais de quatro mil unidades habitacionais prontas para serem entregues. Esses imóveis estão em processo de conclusão da documentação. Para este ano, Fantazzini estima, ainda, a entrega de outras 1.358 unidades. “Nunca se construiu tanta habitação de interesse social como foi feito nesses últimos oito anos”, disse.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto