Share
Megaciberataque derruba sistemas de comunicação ao redor do mundo

Megaciberataque derruba sistemas de comunicação ao redor do mundo

Um megaciberataque derrubou sistemas de comunicação de empresas e serviços públicos em diferentes países -a estimativa de empresas especializadas fala em 74- na manhã desta sexta-feira (12). Em volume de ataques, o maior alvo foi a Rússia.

A ação foi feita com um vírus espalhado pelas redes que atinge uma falha do Windows conhecida após o vazamento de ferramentas sigilosas usadas pela NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA).
O vírus, do tipo “ransomware”, faz aparecer nas telas de computadores mensagens pedindo o pagamento de um resgate em bitcoins para reativar o sistema. O valor, equivalente a US$ 300 (R$ 940), deveria subir com o passar do tempo.

Inicialmente, o ataque atingiu redes internas de diversas empresas da Espanha, entre elas a Telefônica, que orientou seus funcionários a desligar os computadores. Relatos de funcionários indicam que também foram afetados os sistemas da seguradora espanhola Mapfre e do banco BBVA.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo foi alvo de ataques, e a equipe de tecnologia recomendou que os funcionários do órgão desligassem seus computadores. Por volta das 14h45, o site do tribunal estava fora do ar.
Além disso, funcionários do banco Santander e da Vivo no Brasil relataram problemas nas redes internas. As assessorias de imprensa do Santander e da Telefônica, dona da Vivo, negaram que as empresas foram afetadas.
A Microsoft foi procurada pela reportagem, mas disse que se manifestaria por meio de um comunicado global, ainda não divulgado.

(FOLHAPRESS)

Foto: Dominique Faget /AFP

Deixe seu Comentário