Corpo do repórter Ligeirinho será sepultado em Guarulhos

Morreu nesta segunda-feira (10), vítima de um infarto fulminante enquanto seguia de carro para a casa em Atibaia, o repórter Eduardo Luiz de Almeida, que ficou conhecido como Ligeirinho. O enterro está marcado para as 16h30, no Cemitério Picanço, localizado na avenida Doutor Timóteo Penteado, n° 1329.

Casado e pai de seis filhos, inclusive um é repórter esportivo da Rádio Bandeirantes de Campinas, de nome Marcos Luís, Ligeirinho ganhou o apelido pela agilidade de buscar informações, e desenvolveu uma grande carreira no jornalismo, trabalhando pela Rádio Bandeirantes, Capital, Globo e chegou até apresentar um programa sobre o São Paulo Futebol Clube, na Rádio Trianon, durante o horário do almoço.

Pelas redes sociais, o Corinthians, time do coração de Ligeirinho, prestou forças à família e enalteceu o trabalho do jornalista. Colegas e amigos de profissão, como Galvão Bueno, que dedicou o programa Bem Amigos ao amigo, e também Rogério de Assis, manifestaram a gratidão com o repórter, e a tristeza pela perda de um grande jornalista.

Ligeirinho atualmente era comentarista esportivo da Rádio Tropical FM, e a última transmissão ocorreu na partida entre Cruzeiro 3×1 Palmeiras, partida válida pelo Campeonato Brasileiro neste último domingo (09). O velório de Ligeirinho começa a partir das 14h no Cemitério Picanço.

Foto: Reprodução Twitter