Movimento Popular entrega à Saúde assinaturas contra gestão de hospital

Criado por populares da região do bairro do Pimentas, o Movimento Popular da Saúde entrega nesta terça-feira (18), à Secretaria Municipal de Saúde, um abaixo-assinado em forma de protesto contra a gestão do Hospital Municipal Pimentas–Bonsucesso (HMPB). O movimento entendem que a unidade hospitalar não reúne condições de realizar qualquer tipo de atendimento ao público.

“(Queremos) Melhoria no atendimento, até porque esse hospital está praticamente de portas fechadas por falta de equipamentos (por estarem quebrados), e sem materiais (insumos) e medicamentos. É negligência total”, disse Rosália Tachid, que representa o movimento.
O grupo pede a troca da administração do hospital, que atualmente tem a gestão da Associação Paulista para Desenvolvimento da Medicina (SPDM), por entender que o atendimento do hospital é precário e deixar a desejar em toda sua prestação de serviço.

“Esta é uma forma de pressionar por uma solução para o problema. A licitação será dia 21 deste mês, e a SPDM administra o hospital há dez anos e só deixou mais precária a saúde da nossa cidade”, observou.
A SPDM alegou não que procede as acusações do movimento. “A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) esclarece que não procede qualquer alegação de má gestão da instituição no Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso (HMPB). A SPDM participou de uma convocação pública, realizada pela Prefeitura de Guarulhos e divulgada a todas as Organizações Sociais de Saúde, para administração da unidade.

“Em relação à questão de falta de insumos e medicamentos, a direção do HMPB busca sempre manter os estoques da unidade abastecidos, porém, em caso de faltas pontuais, possui um plano de contingência que prevê a substituição de tais itens por similares e com o mesmo efeito, garantindo assistência segura e com qualidade ao paciente”. E concluiu: “Sobre a questão de equipamentos quebrados, informamos que um tomógrafo da unidade encontra-se em manutenção, prevista para ser realizada nesta terça-feira (18) pelo fornecedor”.

Reportagem: Antônio Boaventura
[email protected]