Os vereadores aprovaram ontem o relatório final da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Quitaúna. A comissão teve como objetivo apurar a aquisição, pela prefeitura, da área onde funciona o aterro sanitário da empresa Quitaúna Serviços Ltda.

A compra da área, incluindo todo o passivo ambiental, foi denunciada pelo HOJE em fevereiro deste ano. A aquisição foi realizada pelo ex-prefeito Sebastião Almeida (PDT) por R$ 3,4 milhões.
Elaborado pelo vereador Wesley Casa Forte (PSB), o relatório aponta, dentre outros, a ineficácia do município quanto ao planejamento original da área para deposição de resíduos. Além disso, a desapropriação da área do aterro foi extremamente tardia. Contudo, de acordo com o relatório, “permitirá ao município executar o projeto de ampliação do aterro, bem como deixar de arcar com o pagamento do desequilíbrio financeiro da empresa Quitaúna”. Dessa forma, permitirá que “pela primeira vez na história do município guarulhense possa ser realizado um procedimento licitatório” para a contratação de uma nova empresa.

Os parlamentares aprovaram, ainda, o relatório final da CEI criada para apurar os problemas enfrentados pelas Policlínicas Paraíso e Maria Dirce e pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São João, todas administradas pela Fundação do ABC. Ambos os relatórios terão cópias encaminhadas ao Executivo, Controladoria Geral do Município e ao Ministério Público, sendo arquivados na sequência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here