Centro de distribuição da Johnson & Johnson em Guarulhos abastecerá mais de 30 países

O novo centro de distribuição da Johnson & Johnson Medical Devices, inaugurado ontem em Guarulhos, abastecerá 31 países, além do Brasil. O local é considerado o maior Centro de Distribuição integrado da América Latina da marca, disponibilizando 14 mil itens desde dispositivos cirúrgicos até próteses, implantes e insumos cirúrgicos, atendendo milhares de procedimentos cirúrgicos diariamente.
Segundo Adriano Caldas, presidente da Johnson & Johnson Medical Devices no Brasil, Guarulhos foi escolhida para abrigar o centro por agregar segurança, qualidade, mobilidade, oferta de mão de obra, além de vias de acesso que facilitam o processo de distribuição.

“Viemos aqui para ficar muitos anos. O investimento realizado foi feito para aumentar a capacidade de produção para suprir a demanda dos próximos 10 anos e ainda temos capacidade de expansão. A inauguração nos deixa mais próximos do nosso compromisso maior que é de alcançar cada vez mais pacientes e salvar mais vidas”, destacou.

Com aproximadamente 12 mil metros quadrados e 24 mil posições de armazenagem, o espaço contribuirá para a eficiência logística. Além disso, com uma operação ágil e de qualidade ele atenderá as necessidades de, aproximadamente, 2 mil hospitais brasileiros.
Presente na inauguração, o prefeito Guti ressaltou a importância de grandes empresas, como a Johnson & Johnson, enxergarem o potencial de Guarulhos e se instalarem na cidade. “Estamos fazendo esforços sobre-humanos para fazer a cidade recuperar sua credibilidade. Sabemos que com a ajuda mútua vamos dar a volta por cima e a Johnson & Johnson está ajudando a revelar isso ao mundo. Mostrar que somos uma cidade global e competitiva. Não podemos ficar a reboque de nenhuma outra cidade. Somos protagonistas e é isso que queremos mostrar”, destacou.

Guti estava acompanhado do secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação, Rodrigo Barros, e do vice-prefeito e secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Alexandre Zeitune.

Reportagem: Rosana Ibanez
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto